Transferência de embriões em equinos: principais erros

A técnica proporciona diversos benefícios aos criadores de equinos

Reprodução de cavalos

O professor do Curso Online UOV Reprodução de Cavalos, Orlando Marcelo Vendramini, destaca que é preciso que o criador de equinos saiba quais as melhores técnicas a serem empregadas para que a reprodução de seus animais seja a mais satisfatória possível, obtendo não só o aumento do rebanho como também o seu aprimoramento genético.

Uma das técnicas na reprodução de equinos que produziu grande impacto na atividade, dados os benefícios que ela pode proporcionar foi a transferência de embriões. Ela permite, além de outras vantagens, que o criador consiga sobreviver sem a presença de um garanhão, sem abrir mão das boas matrizes.

Porém, para que esse processo possa ser logrado com êxito, é preciso que um profissional capacitado coordene, sem abrir mão dos procedimentos principais. É um processo crucial e não pode ser realizado por qualquer um.

Importância da transferência de embriões

Essa técnica produz vários benefícios na criação de equinos em todo o planeta. O procedimento, que consiste na retirada do embrião do útero de uma égua e consequente transferência dele para outra égua, receptora, pode, dentre outros benefícios, proporcionar uma melhora no plantel, com a obtenção de animais geneticamente superiores em um curto período de tempo.

Vantagens da transferência de embriões

Dentre as principais vantagens, estão:

- Obtenão de mais de um potro da mesma fêmea por ano;

- Obtenção de potros de fêmeas que estão em campanha ou em competições;

- Obtenção de produtos de fêmeas idosas ou que apresentam problemas de parição/gestação;

- Obtenção de potros de fêmeas valiosas, sem o risco de vida da mesma;

- Antecipação do ingresso das fêmeas jovens na reprodução;

- Opção de compra ou venda de embriões da fêmea e do garanhão de sua escolha;

- Avaliação da progênie materna em curto espaço de tempo.

Principais erros na transferência de embriões

- É preciso estar atento ao manejo nutricional e às condições de vida do animal, uma vez que má alimentação e estresse são fatores que podem interferir negativamente no processo de transferência de embriões;

- É preciso controlar de forma incisiva o ciclo estral dos animais, para que não se comprometa o processo;

- É preciso ter cuidado com o tipo de sêmen, que deve ser de qualidade. Além disso, um profissional deverá diferenciar os tipos de sêmen e informar sobre a melhor forma de armazenamento;

Algumas técnicas auxiliam no sucesso da transferência de embriões, como o controle folicular, a taxa de prenhez e de reabsorção, o acompanhamento do folículo até a ovulação e o ato de colher o embrião do útero da doadora por meio da infusão no útero de líquido apropriado.





Conheça os Cursos Online UOV da Área Criação de Cavalos:

Reprodução de Cavalos
Alimentação de Cavalos
Enquanto o Veterinário Não Chega – Atendimento a Equinos

Fonte: Portal Escola do Cavalo – escoladocavalo.com.br
por Renato Rodrigues

Renato Rodrigues 15-04-2019

Deixe um Comentário

Comentários

Não há comentários para esta matéria.