Cama para cavalos: devo escolher a de maravalha ou a de borracha?

Enquanto a cama de maravalha é mais comum e é utilizada há muito tempo, a de borracha é mais recente e inovadora

Baia com maravalha - imagem ilustrativa

Haroldo Vargas, um dos professores do Curso CPT Como Montar e Manejar um Centro Hípico – Modalidades, Instalações, Manejo Sanitário e Primeiros Socorros, destaca que muita gente está descobrindo o prazer e a alegria que as atividades com o cavalo podem trazer e, por conta disso, estão ainda aprendendo a criá-los da melhor forma.

Para garantir o bem-estar dos animais durante a sua criação, é imprescindível fornecer uma estrutura adequada e confortável. Nas baias, por exemplo, os animais possuem camas, que podem ser de maravalha ou de borracha. Enquanto as de maravalha já são um costume nas criações espalhadas em todo o país, as de borracha são uma inovação, que ainda precisa ser conhecida pelos criadores.

Além do bem-estar, fornecer uma cama adequada também garante higiene e conforto aos animais, além de facilitar a limpeza e reduzir os custos com a manutenção. Nesse sentido, apresentamos a seguir um comparativo entre os dois tipos de cama mencionados: a cama de maravalha e a cama de borracha.

Cama de maravalha ou cepilho

Esse tipo de cama é resultado da ação de máquinas, que produzem a maravalha, seja com a finalidade específica de tornar-se cama, seja como subproduto da marcenaria. Com as lascas de madeira produzidas por essas máquinas – conhecidas como plainas – há outros componentes, como pó de serra e lascas de madeira. Apesar de ser muito comum, é propensa ao surgimento de fungos e bactérias, o que requer cuidado mais minucioso. Suas funções são: absorver urina; evitar o contato do animal com o piso, quando ele é muito duro e áspero; oferecer um conforto semelhante ao que ele teria na natureza; e aquecimento térmico em épocas e regiões frias na baia do cavalo.

- Vantagens e desvantagens

A principal vantagem da utilização desse tipo de cama é a financeira, haja vista que é um material de baixo custo e fácil aquisição e que cumpre com o que se espera dele – absorver urina e proporcionar conforto térmico. Entretanto, carrega consigo poeiras, que podem acarretar problemas respiratórios nos animais; pode provocar umidade, o que tem potencial para prejudicar os cascos dos cavalos; e requer manutenção regular, sempre removendo as partes encharcadas de urina.

- Atenção ao escolher a maravalha!

A maravalha mais indicada para uso com os equinos é a de pinus, que deve ser adquirida, de preferência, seca em forno, limpa, esterilizada, prensada e em fardos. Apesar de ser uma opção com baixa durabilidade, ao escolher a maravalha certa, você acaba ganhando no quesito “qualidade”.

Cama de borracha

Como dito, a cama de borracha é uma inovação e que chegou há alguns anos no mercado. É um estrado feito com borracha processada que precisa ser instalado nas baias, configurando-se como uma opção mais durável, resistente e ecológica. A partir desse modelo, a urina e a água conseguem ser drenadas e os problemas causados pela umidade são minimizados. Consequentemente, o ambiente fica mais seco, mais higiênico e mais saudável para os cavalos.

- Vantagens e desvantagens

É possível destacar que a cama de borracha é uma opção extremamente tecnológica e confortável para os cavalos. Ainda, proporciona aos criadores economia nos custos e deixam o piso mais estável e uniforme. Sua instalação é simples e, ao contrário da maravalha, não requer trocas frequentes. A principal desvantagem está justamente na implementação, que demandará um grande investimento inicial, que é retornado em alguns anos.

E então, qual cama comprar: a de maravalha ou a de borracha?

Após as informações relatadas nesse artigo, cabe ao equinocultor avaliar qual a melhor opção para a sua criação. Tomando como base que ambas apresentam vantagens e desvantagens, o ideal é que se verifique qual delas é mais adequada para o local de criação dos cavalos de que você dispõe. Se possível, procure orientação com um profissional antes.

 


Conheça os Cursos CPT da Área Criação de Cavalos:

Como Montar e Manejar um Centro Hípico – Modalidades, Instalações, Manejo Sanitário e Primeiros Socorros
Aprenda a Montar e Lidar com Cavalos
Doma Racional Interativa

Fonte: Vedovati – vedovatipisos.com.br
por Renato Rodrigues

Renato Rodrigues 15-07-2021

Deixe um Comentário

Comentários

Não há comentários para esta matéria.