Equiterapia: quais benefícios ela pode proporcionar?

Além dos benefícios motores e mentais, a terapia com cavalos também pode estimular os sentidos

Cavalo e criança - imagem ilustrativa

Andréia Kely, uma das professoras do Curso CPT Terapias com CavaloEquiterapia, ressalta que a equiterapia abrange profissionais de diversas áreas, como a saúde, a educação e a medicina veterinária, conseguindo estimular o sistema nervoso central, trabalhar o tônus muscular, combater o estresse, e, ao mesmo tempo, permitir o seu contato ou de seu paciente com um dos animais mais fiéis e inteligentes já domesticado: o cavalo.

A utilização de um animal dócil, fiel e inteligente como o cavalo proporciona às pessoas que têm contato com ele uma experiência tranquila, relaxante, prazerosa e inesquecível. Para tal, realiza-se atividades terapêuticas, lúdicas e desportivas, favorecendo a educação e a reabilitação.

É possível enumerar uma série de benefícios que a equiterapia proporciona aos praticantes, sobretudo a crianças e a pessoas com algum tipo de limitação motora, por exemplo. Essa terapia é indicada para tratamento dos mais diversos tipos de comprometimentos motores, sociais e emocionais.

Além dos já mencionados, destaca-se:

- Desenvolvimento afetivo, haja vista o contato com esse animal;
- Estimulação dos sentidos – tato, visão e audição;
- Melhora na postura e no equilíbrio;
- Aumento da autoestima e da autoconfiança, acarretando em maior bem-estar;
- Desenvolvimento da coordenação motora e da percepção dos movimentos;
- Controle da ansiedade;
- E desenvolvimento da psicomotricidade.

A equiterapia proporciona benefícios específicos também, relacionados:

- À motricidade: o aspecto motor é um dos mais trabalhados nas sessões equiterápicas. Percebe-se melhora no equilíbrio, estímulo ao metabolismo e à respiração, o que fortalece a musculatura, a coordenação, o sistema cardiovascular e até a fala e a pronúncia das palavras.

- E à mente: concedendo às pessoas que têm contato com o animal a sensação de liberdade e uma outra visão de mundo.

Equiterapia e a depressão

A depressão tem sido um dos grandes desafios atuais enfrentados por boa parte da população mundial. Nesse contexto, a equiterapia funciona como uma arma contra a depressão, evitando até que as pessoas sofram e, por ventura, acabem tirando suas próprias vidas. Inclusive, o combate à depressão tem sido pauta em todos os meses de setembro, intitulados como “setembro amarelo” como forma de valorização à vida.

É possível informar, ainda, que a equiterapia pode ser realizada em qualquer idade, sendo indicada tanto para crianças, quanto para idosos. É válido mencionar que a equiterapia não deve ser a única forma de tratamento utilizada em casos de deficiência ou distúrbios psicológicos: ela precisa atuar como um tratamento complementar aos convencionais, de acordo com a recomendação de profissionais.

Equiterapia e o autismo

O autismo é um transtorno que não possui causa específica, comprometendo o desenvolvimento funcional do cérebro. Com relação a ele, dada a melhora na interação social, na linguagem e na área emocional, as crianças conseguem avanços importantes. Ao aprender a superar seus medos, há, também, melhora na expressão facial e favorecimento ao “olho no olho”, permitindo, também, a socialização.

Hipoterapia e fisioterapia

A hipoterapia é uma modalidade recomendada para praticantes que não consigam se manter sozinhos nos cavalos, seja por condições físicas ou mentais. Por proporcionar diversos benefícios posturais – ao exigir que o paciente busque seu equilíbrio por conta do andar do cavalo –, pode ser empregada como um recurso terapêutico na fisioterapia.

Para realizar as sessões de equiterapia, é imprescindível que diversos profissionais estejam envolvidos e que os animais sejam selecionados e preparados. O contato dos pacientes com o cavalo tem que ser feito de forma natural, sempre tomando o cuidado para que ambas as partes estejam confortáveis.

 


Conheça os Cursos CPT da Área Criação de Cavalos:

Terapias com Cavalo – Equiterapia
Montagem de um Centro de Equiterapia, Seleção e Treinamento de Cavalos Terapeutas
Como Montar e Manejar um Centro Hípico – Modalidade, Instalações, Manejo Sanitário e Primeiros Socorros

Fontes: Centro de Produções Técnicas – cpt.com.br
Forbes – forbes.com.br
Tua Saúde – tuasaude.com
por Renato Rodrigues

Renato Rodrigues 08-11-2021

Deixe um Comentário

Comentários

Não há comentários para esta matéria.