Como saber se uma égua está prenhe?

A prenhez pode ser identificada com ou sem a realização de análises químicas, recomendando-se solicitar o auxílio de um médico veterinário

Égua prenhe - imagem ilustrativa

Bruna de Freitas, professora do Curso CPT Reprodução de Equinos, destaca que os ganhos na produtividade da reprodução dos cavalos são obtidos quando o criador conhece a fundo todos os aspectos que envolvem o manejo reprodutivo dos animais, garantindo que todo o processo, seja qual for o método escolhido, seja cuidadoso e eficiente.

Ao contrário do que se pensa, a reprodução não envolve apenas a monta propriamente dita ou a inseminação artificial, por exemplo – técnica que vem sendo cada vez mais utilizada na criação de equinos. O equinocultor precisa se preocupar com a preparação do macho e da fêmea, estendendo sua atenção até que o parto seja realizado.

No meio do caminho, há algumas etapas que também demandam exatidão por parte do criador, como é o caso da identificação da prenhez da égua. Ela pode ser feita com ou sem a realização de análises químicas. Logo após o contato com o macho durante o cio, é imprescindível detectar a gestação, que durará aproximadamente 11 meses, mas só se torna visível após o 8º.

Então, como descobrir se a égua está prenhe?

Comportamento

Em primeiro lugar, é possível observar o comportamento delas quando estão próximas dos machos. 14 dias após a monta, coloque-a próxima do cavalo e observe: se ela estiver grávida, normalmente se distanciará dele e não se posicionará de costas. Entretanto, há várias razões pelas quais a égua pode se afastar do macho.

Sinais do cio

Quando as éguas ainda apresentam alguns comportamentos do cio 21 dias após a monta, detecta-se que ela não está prenhe. É possível apontar, por exemplo, o ato de levantar o rabo, de abrir e fechar os lábios da vulva, de agachar para eliminar urina ou muco e temperamento mais irritadiço.

Palpação retal

O exame tátil da palpação retal precisa se realizado por um profissional. Indica-se que ele seja feito entre 16 a 19 dias após o possível cruzamento para que, a partir da palpação do útero, o veterinário avalie seu tamanho e formato e o inchaço natural dos ovários, informando sobre a prenhez.

Ultrassom

Outra opção é a utilização de um ultrassom, com a introdução de uma sonda no reto do animal para que imagens internas possam ser obtidas e avaliadas. Ele também precisa ser feito 16 dias após o possível cruzamento e serve, ainda, para determinar o sexo do potro – quando realizado entre 55 a 70 dias de gravidez.

Exame de sangue

A realização de um exame de sangue tem a finalidade de detectar hormônios de gravidez, que aparecerão caso a égua esteja prenhe. Esse método é indicado quando o animal é muito arisco ou quando o reto é muito pequeno, dificultando a realização dos exames físicos mencionados acima.

Exame de urina

Na urina, nota-se também a presença de indícios que confirmam a gravidez, como os níveis de sulfato de esterona. A grande facilidade desse método é que, ainda que ele possa ser realizado por um veterinário, há testes caseiros que apresentam resultados confiáveis. Todavia, ele só pode ser realizado entre 110 e 300 dias após o cruzamento, mas leva apenas 10 minutos para mostrar o resultado.

Resultados

Mesmo com a utilização de algum desses métodos, é indicado solicitar a presença de um médico veterinário para verificar se a égua este prenhe, porém sofreu, por exemplo, aborto espontâneo. Mesmo com os testes caseiros, um profissional terá a capacidade de certificar o resultado.

Sempre observe as fêmeas, pois a ocorrência de aborto ou a gestação de gêmeos requerem cuidados para que elas não tenham complicações e venham a óbito.

 


Conheça os Cursos CPT da Área Criação de Cavalos:

Reprodução de Equinos
Manejo de Potros: Do Parto ao Preparo para a Doma
Como Montar e Manejar um Centro Hípico – Modalidade, Instalações, Manejo Sanitário e Primeiros Socorros

Fonte: Wiki How – pt.wikihow.com
por Renato Rodrigues

Renato Rodrigues 14-09-2021

Deixe um Comentário

Comentários

Não há comentários para esta matéria.